quarta-feira, maio 13

revisão




hoje dei uma espreitadela na dispensa para ver como estava o stock de marmelada.
alegrem-se os "meus" gulosos, ainda chega para mais uma rodada!

fui fintada

há uns dias atrás, quando o tempo quente deu um ar da sua graça e quis vestir umas roupas mais fresquitas, dei conta que ... nada me servia! sim, é verdade! e fiquei triste e com neura!

vai daí fui dar uma volta pela baixa e encontrei umas calças, cujos cortes não são dos melhores para o meu esbelto físico (pronto já não sou teenager sou mais é tyager), mas faziam bem o seu papel. e os preços eram simpáticos. comprei duas. umas delas ficaram para fazer as bainhas (não me apetecia nada fazer as bainhas e tinha umas para estrear no dia seguinte). fui buscá-las na 6ª feira. até aqui, tudo normal, não fosse o tempo entretanto mudar e não estar propriamente para "frescuras".

hoje de manhã, apesar das núvens bem gordas e cinzentas, apareceu um sol bem quente e... toca de ir às calças novas. Qual quê! Tinham aquele apetrecho do alarme!
pronto, nada de estreias, rais parta o alarme! e tirar aquela coisa não dava!
Fui de novo à loja mas antes entrei numa qualquer para espreitar nem sei o quê. o raio do alarme apitou. o segurança disse que não havia problemas, eu tinha acabado de entrar. e saí outra vez com a certeza de que o melhor era ir direitinha ao meu destino libertar-me daquela jeringonça.

quando cheguei à loja, entrei em grande: o raio do alarme parecia a sirene dum quartel de bombeiros!
lá mostrei as calças mais a factura da compra, "desculpe minha senhora, algumas peças têm 2 alarmes e passou-nos despercebido, etc e tal".

sim senhor! 2 alarmes! para quê? se não apitou quando eu saí e só levava 1!

sábado, maio 9

isto anda lento!


a inspiração não está do melhor, nem de perto, nem de longe! a minha cabeça fervilha com ideias, meto-me ao trabalho e fico pelas metades! ai meu Deus! se isto não passa...
estes acima são dos que estão na calha.
acho que a culpa é do são pedro, lá fora está a chover e ao céu falta-lhe aquele azul e aquela luz!